Nirvana Lado-B

Porque Nirvana vai além de Nevermind e "Smells Like Teen Spirit"

Home / Novidades / Dave Grohl no Carnaval do Rio de Janeiro

Dave Grohl no Carnaval do Rio de Janeiro

/
/
/
0 Views

Já imaginou Dave Grohl no Carnaval do Rio de Janeiro? Pois isso aconteceu brevemente em 1993. No dia 21 de Janeiro, Dave, a namorada na época, Jennifer Youngblood, o técnico de som do NIRVANA, Alex McLeod e mais três membros da equipe visitaram o ensaio da Escola de Samba Caprichosos De Pilares, no Rio de Janeiro, Brasil.

Na ocasião, Dave arriscou tocar tamborim e bebeu cerveja com os membros da bateria da Caprichosos. Ele disse ainda que a grande diferença do show do Hollywood Rock no dia 23 para o da semana anterior em São Paulo é que, ele iria incluir a bateria da Caprichosos no elenco do Nirvana. Dave ainda ganhou uma camiseta da “Ala dos Marajás” da escola de samba e prometeu usá-la durante o show.

A breve experiencia de Dave Grohl no Carnaval foi acompanhada pela repórter do Jornal do Brasil, Denise Moraes e pelo fotógrafo Marcos Vianna. A edição do dia 23 de Janeiro do Jornal do Brasil contou um pouco sobre a visita em uma curta matéria sob o titulo:

 

Nirvana e Caprichosos De Pilares

dave grohl no carnaval jornal do brasil
Matéria Jornal do Brasil (23 de Janeiro de 1993)

“Um tamborim pregou o maior susto em David Grohl, baterista do Nirvana (atração de hoje no Hollywood Rock), anteontem à noite. Depois de jantar no japonês Madame Butterfly com o regrado companheiro baixista Chris Novoselic (que voltou ao hotel anunciando que iria dormir).

dave grohl no carnaval - fantasia
Dave Grohl posa para foto com fantasia de carnaval.

David, sua mulher Jennifer, o tour manager Alex MacLeode mais três amigos da entourage se baldearam para a Caprichosos de Pilares. Não deram muita sorte. Chegaram lá por volta das 23h, no fim do ensaio da escola. Só deu para ouvir o ultimo baticum, mas a turma aproveitou o final de festa para balançar pernas e cabeças em sinal de aprovação. David garantiu que já conhecia o ritmo; ‘Ouvi outro dia andando pela praia. Não sei muito sobre o carnaval, mas essa batida é fantástica.’

Pouco depois aproximou-se de um dos integrantes da bateria intrigado com as baquetas do tamborim. Deu uma paulada no instrumento e o devolveu a Luciano, 17 anos, dois na Escola, perguntando a ele como funcionava. O garoto arrasou e devolveu a David, que não se atreveu e saiu correndo: ‘Nooooo!’.

Depois da gozação de todos os seus amigos, David parece ter se convencido de que o instrumento não mordia e voltou a aproximar-se dele, mas só para deixar seu autografo para Luciano. O sambista aproveitou e pediu a assinatura de todo mundo sem ter ideia de quem eram. ‘Eles são do pophotgilpeper’, enrolou a língua. Sem samba, David e a turma passearam pela quadra da escola e ficaram entusiasmados com as fantasias expostas.

“São lindas. nós não temos isso nos Estados Unidos. Nem em Nova Orleans é tão grandioso”, elogiou David informando, de brincadeira, que a grande diferença do show de hoje para o da semana passada em São Paulo é que ele iria incluir a bateria da Caprichosos no elenco do Nirvana. Jennifer quis saber quando era o carnaval e lamentou não poder participar porque vão embora do Rio na semana que vem. ‘Mas eu venho no ano que vem tocar com eles’, prometeu o baterista.

De tão simpático, David ganhou cerveja e uma camiseta da Ala dos Marajás. Nova promessa: ‘Vou usá-la no show’. O grupo voltou para o Hotel Intercontinental – onde está hospedado – já com uma programação acertada para o fim do show de hoje a noite: voltar ao ensaio da Caprichosos, que, aos sábados, acaba bem mais tarde.”

Denise Moraes – Jornal do Brasil, 23 de Janeiro de 1993.

This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks :Ad Views : Ad Clicks :Ad Views : Ad Clicks :Ad Views :